Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 11 de novembro de 2012

Embratur participa de seminário voltado a acessibilidade no Turismo

Durante esta semana, a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) participou do Seminário Acessibilidade Cidades Históricas, realizado em São Luís (MA). O evento foi voltado para a discussão da valorização e a contemplação dos espaços turísticos e culturais em relação ao livre acesso de pessoas com deficiência, principalmente sobre o Centro Histórico da cidade que abrigou o evento.

André Vilaron apresentou as ações da Embratur voltadas para a acessibilidade. Para o presidente da Embratur, Flávio Dino, o tema é de grande importância para o Turismo. “O turista vivencia locais, edificações e atrações da cidade da mesma forma que o cidadão comum, e muitas vezes, tem as mesmas dificuldades. O turismo acessível é importante, por que todos os cidadãos locais ou turistas têm o direito de vivenciar, por exemplo, um patrimônio cultural da humanidade, como é o caso do Centro Histórico de São Luís. O turismo acessível, além do acesso físico a todos, agrega também um sentimento de acolhimento e pertencimento. Importante para imagem de um destino turístico brasileiro”, explicou.

Na mesa redonda, Vilaron apresentou as diversas ações do Governo Federal e do Instituto voltadas para a acessibilidade. Entre elas, o plano Viver Sem Limites, que foi lançado em novembro de 2011, pela presidenta Dilma Rousseff, e o programa Turismo Internacional Sem Limites, instituído pela própria Embratur, que tem como objetivo a divulgação nos mercados emissores de produtos, serviços e destinos turísticos brasileiros acessíveis às pessoas com deficiência.

 Outras presenças importantes foram as do presidente da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira (ABIH), do Maranhão, João Antonio; e do coordenador de Mobilidade e Inclusão da ABIH, de São Paulo, Edison Passafaro, que apresentou em parceria com ABTN – Associação Brasileira de Normas Técnicas, o “Selo de Acessibilidade e Inclusão Social”, que é uma das ações do programa de ABIH voltado para a sensibilização e capacitação sobre as necessidades de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Durante o Seminário, o governo do Maranhão aproveitou a ocasião para assinar a adesão ao Plano Nacional de Direitos da Pessoa com Deficiência, o Plano Viver sem Limite, do Governo Federal. A adesão implica a responsabilidade de priorizar medidas visando à promoção do exercício pleno dos direitos das pessoas com deficiência, nos eixos acesso à educação, atenção à saúde, inclusão social e acessibilidade.
Filipe Cerolim

Nenhum comentário:

Postar um comentário