Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Trabalho de Sociologia: Fontes II

Burocracia

"No decorrer da história a burocracia surge em formações sociais e econômicas extremamente diferentes, mas ao mesmo tempo exibe vários aspectos em comum, dos quais os mais importantes são os que se seguem:
  1. A Burocracia separa-se da sociedade, tanto da classe dominante quanto das massas;
  2. O exemplo clássico na antiguidade é função de irrigação;
  3. Quem deseja tornar-se um burocrata é preciso que encare isso como uma carreira de vida e buscando sempre uma especialização arrojada e competitiva (ver a infinidade de concursos públicos e suas provas: a China Antiga foi uma das precursoras desse modelo);
  4. Hoje o conceito de Burocracia adquiriu conotações pejorativas, tais como: ineficácia, lentidão e irracionalidade. Ao passo que Max Weber traz um conceito de administração burocrática mais rápida, eficiente e competente. Segundo Weber, a burocracia está expandindo-se para áreas fora da esfera estatal (burocratização da vida);
  5. O espírito especial da burocracia é o segredo e o mistério os quais protegem os seus interesses particulares contra a sociedade externa e interpretam todas as questões internas como um segredo de Estado;
  6. A atividade social, porém, afirmou-se cada vez mais contra a burocratização da administração e se desenvolveram aspirações por um mundo no qual a burocracia, como tal, já não existisse mais e o poder estivesse diretamente nas mãos do povo; sendo que uma meta antiburocrática somente pode ser o controle do poder burocrático pela sociedade civil;
  7. O ressurgimento da sociedade civil na ex-URSS acabou com o poder burocrático monolítico do partido único; tanto que Stalinismo significa esse processo: a burocratização do partido político;
  8. Se os movimentos antiburocráticos também são capazes de produzir a sua própria burocracia, conforme experiências históricas têm revelado, já é outra questão. Apesar disso, o mundo dos fenômenos burocráticos e a luta contra ele estão entre os aspectos mais importantes da nossa época.
Ao iniciar-se a busca de determinado conceito no dicionário, ele nos remete a outros os quais formam junto ao conceito de Burocracia, tais são eles:

Divisão do Trabalho:

"Uma divisão comumente empregada é aquela entre a divisão técnica e a divisão social do trabalho; a primeira referindo-se a tarefas especializadas no processo de produção ; a última à diferenciação na sociedade como um todo.
No decorrer do século XX tem havido uma preocupação particular, no pensamento social, com a análise do impacto da crescente especialização sobre a crescente burocratização da administração econômica e política, processo que surge, em parte, da necessidade de organizar e administrar sociedades e oraganizações caracterizadas por complexidade e interdependência cada vez maiores".

Tecnocracia:

"A palavra subentende comando ou governo exercido por gerentes administradores (depois de a propriedade legal ter sido separada do controle afetivo), que superintendem e dirigem o pessoal mais jovem da carreira burocrática com treinamento técnico mais recente. Segundo Smith, é a "a organização da ordem social baseada em princípios estabelecidos por especialistas técnicos".

Assim podemos dizer que a Burocracia Moderna analisada por Weber tem as suas raízes na Escola Politécnica preconizada por Augusto Comte.

"Assim, a tecnocracia tem sérias consequências não só para a democracia representativa e para o domínio da lei que ela pressupõe, mas também para propensões mais 'liberais' das burocracias estabelecidas nesses países. É por isso que os tecnocratas preferem partidos conservadores no poder e programas políticos conservadores, pois estes favorecem a estabilidade, a ordem, a eficiência, a privatização, a desregulamentação e a despolitização".

Continua...

Nenhum comentário:

Postar um comentário