Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Governo Dilma deve fixar limites para gastos público, diz Delfim

Para ex-ministro da Fazenda, o Brasil tem potencial para manter um crescimento sustentável do PIB entre 5% e 6% por mais 15 anos




O ex-ministro da Fazenda Antonio Delfim Netto acredita que o governo da presidenta eleita Dilma Rousseff terá de criar uma regra para que as despesas públicas sejam inferiores ao crescimento do Produto Interno Bruto (PIB).  Dessa forma, sobrarão mais recursos para investimento na infraestrutura do Brasil, diz o economista.
Delfim Netto, que foi um dos mentores da política econômica do País no Milagre Brasileiro na década de 1970, quando houve crescimento na faixa de 10%, avalia que o Brasil não precisa de um choque na área econômica para sanar distorções. Ele critica a possível volta da Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF). “O Brasil fez mais sem ela”, diz.
Leia a entrevista na íntegra.

Fonte: iG

Nenhum comentário:

Postar um comentário