Ocorreu um erro neste gadget

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Especialistas em livro e leitura se reúnem em Brasília


Representantes das cadeias produtiva, criativa e mediadora do livro estão reunidos nesta quinta e sexta-feira (18 e 19 de novembro) em Brasília para o Encontro Nacional de Livro e Leitura, que ocorre no Brasília Imperial Hotel. Na ocasião os especialistas vão avaliar as políticas para o setor e formular propostas para o novo governo.  

            O Encontro Nacional de Livro e Leitura, promovido pelo Ministério da Cultura, pretende reunir cerca de 150 especialistas do setor, desde promotores de leitura até escritores, como Affonso Romano de Sant’anna, Marina Colasanti e Lygia Bojunga. No primeiro dia, será a oportunidade de o MinC fazer um balanço de suas ações e o setor apontar os desafios e oportunidades para os próximos anos. “Ao longo dos últimos oito anos, o ministério aumentou em mais de 1.000% os investimentos em livro e leitura. Junto com o Ministério da Educação e a sociedade civil, instituiu o Plano Nacional de Livro e Leitura (PNLL), que dá as diretrizes das políticas do setor. Além disso, criou em 2007 o Programa Mais Cultura, responsável pela maior parte dos investimentos do MinC na área. Mas sabemos que podemos mais e, por isso, queremos ouvir de nossos parceiros os desafios para os próximos anos”, diz o diretor de Livro, Leitura e Literatura do Ministério da Cultura, Fabiano dos Santos Piúba.

            Na sexta-feira, a partir das 9 horas, ocorrem duas reuniões paralelamente: a discussão sobre o Prêmio Vivaleitura – uma espécie de Oscar do setor, que premia as iniciativas de incentivo à leitura de instituições públicas e privadas – e da Rede Nacional do Livro Acessível.

            Os projetos selecionados ao longo das edições do Prêmio Vivaleitura serão apresentados e avaliados os efeitos que o reconhecimento institucional provocou nestas iniciativas. A reunião da Rede Nacional do Livro Acessível irá discutir as políticas do MinC voltadas ao setor tendo em vista os resultados do Edital de Fomento à Produção, Difusão e Distribuição de Livros em Formato Acessível, com investimento do MinC superior a R$ 1 milhão.
 
Leia mais em: PNLL

Nenhum comentário:

Postar um comentário