Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Dados de satélite confirmam degelo recorde no Ártico

Scientific Visualization Studio, NASA Goddard Space Flight Center
Imagem da Nasa mostra extensão da cobertura de gelo no Polo Norte no domingo (26). A linha amarela indica a extensão mínima média do período entre 1979 e 2010
Uma quantidade crítica de gelo no Oceano Ártico derreteu este ano a níveis inéditos, confirmou o National Snow and Ice Data Center (NSIDC), dos Estados Unidos, nesta segunda-feira (27).

De acordo com suas medições, a extensão da cobertura de gelo do Ártico chegou a 4,09 milhões de km 2 , e é bem provável que mais gelo ainda derreta nas próximas semanas. Este dado quebra o recorde anterior, de 4,17 milhões de km 2 , estabelecido em 2007.

A região do Polo Norte é um oceano cuja superfície é coberta de gelo. No inverno do Hemisfério Norte, a água congelada cobre uma área de de cerca de 15,54 milhões de km 2 , encolhendo durante o verão e depois aumentando de novo no outono. É uma dinâmica diferente da da Antártida, que é continente coberto de gelo e cercado de gelo marinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário