Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Projeto Almanaque é levado para três escolas da Capital

A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, por meio da Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim, em parceria com a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), realiza entre os dias 7 e 11 de maio na Escola Estadual Padre Franco Delbiano o Projeto Almanaque, que se propõe a incentivar a leitura em crianças e adolescentes através de ações lúdicas.

O projeto se estende ainda de 21 a 25 de maio na Escola Municipal Professor Araçuay de Castro e de 28 de maio a 1º de junho na Escola Municipal Sulivan Silvestre Oliveira, sempre no período matutino.

O projeto Almanaque é um projeto dedicado ao incentivo à leitura e escrita de crianças e jovens. O projeto existe há 12 anos e com o passar do tempo aperfeiçoou suas atividades. No início, desenvolviam-se atividades somente com histórias em quadrinhos, mas percebendo a grande necessidade de se incentivar o prazer da leitura em sua totalidade, ampliou seu âmbito de trabalho.

Hoje, o Almanaque estimula o prazer pela leitura e pela escrita por intermédio das mais variadas tipologias textuais e por meio de jogos e atividades pedagógicas atrativas e dinâmicas.

As atividades são realizadas por acadêmicos extensionistas de diversos cursos da Universidade Católica Dom Bosco, que desenvolvem ao longo do ano temas ligados a sua área da graduação. Com o uso de música, jogos, dinâmicas, dramatizações, contação de histórias, teatro de fantoches, dentre outros, realizam-se visitas a escolas da rede pública e particular da Capital.

O projeto recebe visitas de escolas e instituições em três núcleos fixos do projeto: Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim da Fundação de Cultura, Casa Dom Bosco e Sala de Leitura do Horto Florestal, em parceria com a Fundação Municipal de Cultura. Os materiais são produzidos pelos próprios acadêmicos extensionistas e as atividades são realizadas sob a supervisão de professores orientadores que acompanham todo o processo de elaboração do projeto que vai desde o planejamento até a execução dos trabalhos.

“O projeto com sua iniciativa vem ao longo dos anos conquistando novos leitores, por meio de sua dinamização junto as crianças e adolescentes, levando o incentivo a leitura de uma maneira prazerosa, estimulando a curiosidade mediante os temas das literaturas trabalhadas”, explica Juciene da Rocha Arruda, coordenadora da Biblioteca Isaías Paim.

A cada ano o projeto trabalha um tema diferenciado. Ano passado a literatura de cordel foi amplamente divulgada. Neste ano o projeto Almanaque trabalhará o tema da inclusão social nas redes de ensino, enfocando a importância da conscientização e aceitação dos portadores de necessidades especiais junto à comunidade escolar.

“O Almanaque apresentará um pouco do novo quotidiano dos professores nas salas de aulas e destaca a consciência cidadã ao trabalhar valores e atitudes perante pessoas com necessidades especiais. Acreditamos que acessibilidade também é condição de acesso à informação, comunicação e a qualquer espaço social”, enfoca Angela Catonio, coordenadora do projeto.

Para levar o projeto às escolas é necessário fazer agendamento prévio pelo telefone (67) 3312-3760 – Programa de Educação e Diversidade – PED.

Serviço: A Biblioteca Pública Estadual Dr. Isaías Paim fica no segundo andar do Memorial da Cultura, na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 559, e funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h30 horas.

No local estão disponíveis à sociedade cerca de 35.000 títulos para empréstimo e/ou consulta. Para se associar à Biblioteca Pública Estadual é necessário um comprovante de residência, uma foto 3x4, um documento de identidade. Mais informações nos telefones: 3316-9161 e (67) 3316-9175.

Fonte: MS Notícias 

Nenhum comentário:

Postar um comentário