Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Biblioteca na escola combate evasão

Ontem, dia 12 de outubro, além de ter sido comemorado o Dia das Crianças, foi também o Dia Nacional da Leitura, data que deve ser prestigiada por pais e educadores

Os alunos do 1º Ano, da professora Dini, escolheram seus livros e fizeram uma deliciosa leitura ao ar livre

A pesquisa coordenada por Ricardo Paes de Barros, atual Secretário de Ações Estratégicas da Secretaria de Assuntos Estratrégicos do Governo Federal, relativa ao Programa de Implantação de Bibliotecas em Escolas, realizada há onze anos pelo Instituto Ecofuturo, em parceria com o poder público local, apontou que em escolas próximas das Bibliotecas do projeto, a evasão escolar diminuiu 46% a mais do que nas escolas que não estavam próximas das Bibliotecas Comunitárias Ecofuturo. Escolas no entorno das Bibliotecas registraram uma elevação de 156% na taxa de aprovação, na comparação com as demais escolas.
 

Os dados mostram com o incentivo à leitura pode contribuir na formação escolar, social e cultural de muitos jovens, como acontece na Escola Rural Municipal Santos Dumont, em Telêmaco Borba. Lá, os educadores não perderam tempo e aproveitaram a Semana Nacional da Leitura e da Literatura para motivar ainda mais a prática. “É de suma importância a valorização da leitura com todos os anos e ciclos de ensino, pois é esta valorização, este incentivo que parte do professor, que forma bons leitores. Ao trabalharmos de variadas maneiras as diversas possibilidades de leitura, estamos permitindo aos nossos alunos acesso à informação, lazer e cultura”, afirma a coordenadora pedagógica da escola, Claudia Gehrmann.
 

Claudia tem consciência que grande parte das famílias não tem acesso ao mundo dos livros por falta de conhecimento ou condições financeiras desfavoráveis, e acredita que cabe à escola desenvolver nas crianças o gosto pela leitura, “não pelo simples fato de ler mecanicamente, mas levá-los a conhecer, interpretar sua realidade através da leitura”. Durante esta semana rodas de leitura aconteceram no saguão da escola, no pátio ao ar livre, e os alunos também participaram de oficinas de Teatro e Literatura.
 

O trabalho realizado pela ‘Santos Dumont’ em breve será rotina em todas as escolas do Brasil. A Lei 12 244/10 determina a universalização das bibliotecas nas instituições de ensino do País, e tem prazo de nove anos para ser efetivada. Representa, ao mesmo tempo, um avanço significativo e um desafio para a construção de uma cultura de leitores no País.
Fonte: Instituto Ecofuturo

O quê?

Conheça o PNLL

O Plano Nacional do Livro e Leitura (PNLL) do Brasil, coordenado pelo Ministério da Cultura (Minc) e Ministério da Educação (MEC), foi instituído em 2006. Antes da sua implementação, os índices de leituras eram muito baixos e as ações de leitura não eram sistematizadas como política de estado, com a participação direta da sociedade civil. Os objetivos do Plano são democratizar o acesso à leitura e ao livro a toda sociedade e formar leitores, buscando de maneira continuada o aumento do índice nacional de leitura (número de livros lidos por habitante/ano) em todas as faixas etárias e do nível qualitativo das leituras realizadas.

Fonte: Jornal da Manhã

Nenhum comentário:

Postar um comentário