Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Seduc cria regimento para facilitar acesso às bibliotecas escolares

Texto de Bruna Campos

Com a finalidade de incentivar a implantação e implementação de bibliotecas na rede estadual de ensino, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio do Sistema Estadual de Bibliotecas Escolares (Siebe), publicou no Diário Oficial do Estado, na edição de 31 de janeiro, o Regimento Geral das Bibliotecas Escolares da Rede Pública do Estado. “O principal objetivo do regimento é instituir um padrão para que as bibliotecas das escolas estaduais possam facilitar o acesso às informações de acordo com as necessidades de cada comunidade escolar”, explica Hellen dos Anjos, coordenadora do Siebe.
O regimento foi criado pela Seduc em 2011, para que as escolas passem a ter o seu próprio regulamento. Para saber se as instituições estão cumprindo com as normas do regimento, profissionais do Sistema Estadual de Bibliotecas agirão como fiscalizadores de ensino e desenvolverão ações de fomento à leitura e à cidadania.
As bibliotecas escolares terão que adotar procedimentos internos, conforme necessidades específicas da unidade de ensino. Cada biblioteca terá profissionais lotados, via projetos aprovados pelo Siebe, os quais receberão orientações de um bibliotecário. O profissional lotado terá que executar as atividades previstas em seu projeto de fomento à leitura, como: recebimento de livros, carimbagem, etiquetagem, tombamento de acervo, empréstimo e devolução de livros.
Acervo
O acervo das bibliotecas devem ser composto por livros de pesquisa, livros literários, obras paraenses, livros de referência, Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs), periódicos e materias especiais para os usuários do alfabeto em Braille e Libras (Língua Brasileira de Sinais).
Assim como a instituição terá que cumprir as normas do regimento, os usuários, no caso os estudantes, terão seus deveres. “Os alunos devem zelar pela integridade dos materiais, e cuidar das instalações, das mobílias e dos equipamentos. Eles também não podem entrar na biblioteca carregando alimentos ou bebidas”, ressalta a coordenadora.
O regimento poderá ser alterado sempre que for exigido o aperfeiçoamento do processo administrativo e funcional das bibliotecas. As alterações que forem efetuadas só entrarão em vigor depois de aprovadas pela Secretaria Adjunta de Ensino (Saen) e pela coordenação do Siebe.

Fonte: Pará.gov

Nenhum comentário:

Postar um comentário