Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Estudantes reclamam de eventos realizados na Biblioteca Pública

Os usuários que utilizam diariamente a Biblioteca Pública Municipal "Bernardo Guimarães" para estudos reclamam de barulho. Por meio de uma denúncia anônima ao Jornal da Manhã, os estudantes alegam que os eventos que são realizados na biblioteca estão atrapalhando, visto que no local são exigidos silêncio e tranquilidade.

De acordo com a denúncia, o evento realizado na ultima terça-feira (23) teve até banda ao vivo, com sax e piano. Os usuários explicam que precisam de tranquilidade, paz e silêncio, mas todos os dias que tem evento todos são retirados da sala, em busca de um local silencioso. Além disso, os estudantes alegam que, em determinados eventos, a diretora da Biblioteca Municipal, Viviane de Almeida Cataldi, pede para que os estudantes se retirem para fechar a biblioteca para solenidades.

Os usuários afirmam ainda que estão insatisfeitos com a atitude da diretora. Para manifestar a indignação, um estudante chegou a encaminhar uma carta ao secretário municipal de Educação, solicitando que a diretora seja trocada.
Segundo Viviane, a pessoa que encaminhou a denúncia ao Jornal da Manhã está estudando para o vestibular, para ser aprovado em Medicina. “Não quero justificar, mas às vezes, por conta do nervosismo do vestibular, a pessoa procura a imprensa para desabafar”, explica Viviane.

Os eventos mencionados pelos usuários são lançamentos de livros. No dia 23 foi a vez de uma obra assinada pelas educadoras, funcionárias públicas lotadas na Secretaria Municipal de Educação e Cultura, chamada "Interfaces da Formação de Professores: em busca de novos caminhos". Hoje será o livro da educadora Maria de Lourdes de Melo Prais, chamado “Testemunho Pedagógico”.

A diretora afirma que a biblioteca, além de ser um local de estudo, também é cultural, eventos como estes acontecem raramente, no máximo dez vezes ao ano. “Nunca pedi para que os estudantes se retirassem. Na verdade, os convido para participar do evento ou para ir a uma sala sem barulhos”, afirma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário