Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Hoje é Dia Internacional dos Monumentos e Sítios

Memorial do Rei Mandume em Ondjiva, província do Cunene
Luanda – Assinala-se hoje, 18 de Abril , o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios, instituído em 1982 pelo Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMS) e aprovado pela UNESCO no ano seguinte, com o objectivo de sensibilizar os Estados membros a diversificar, proteger e conservar o património cultural.
 
A efeméride é também uma oportunidade para sensibilizar o público da diversidade do património cultural e dos esforços que requerem a sua protecção e conservação. Permite igualmente expor a sua vulnerabilidade e necessidade de lhe conceder uma atenção contínua.
 
Desta forma, todos os anos é solicitado aos Estados membros da UNESCO que, neste dia, façam a promoção de actividades e de visitas gratuitas a sítios históricos, monumentos e museus.
 
Para assinalar a data, uma palestra sob o tema "A importância dos Monumentos e Sítios", realizada no dia 14, na cidade do Luena, província do Moxico, abriu o programa de actividades alusivas ao Dia Internacional dos Monumentos e Sítios.
 
Do programa elaborado pela Direcção Provincial da Cultura, constam visitas a zonas históricas de Cassamba (comuna do município dos Luchazes), Camitongo (no município do Moxico-sede), Lunhameji e Cazombo (no Alto-Zambeze).
 
A comuna de Cassamba é considerada sítio histórico, por ser a localidade que acolheu o primeiro encontro entre as chefias das Forças Armadas Angolanas (FAA) e das extintas forças militares da UNITA, que deram lugar às conversações dos Acordos de Paz definitivos em Angola.
 
Lunhameji igualmente albergou os acordos de cessar-fogo entre o MPLA-Movimento e o exército colonial português, em Outubro de 1974, dando lugar à Independência Nacional, em 1975.
 
Já a localidade de Cazombo, concretamente a lagoa de Cazombo, tem a ver com aspectos culturais da região e Camitogo, por ser um sítio onde descarrilou um dos comboios do Caminho-de-Ferro de Benguela (CFB), por acção de mina, tendo vitimado mais de 100 populares, em 1983.
 
Consta do programa uma exposição fotográfica de monumentos e sítios históricos da província, no hall da Direcção Provincial da Educação, encontros com as autoridades tradicionais, para a recolha de informações sobre monumentos históricos ainda por descobrir.
 
O programa reserva ainda a realização de um seminário de capacitação metodológica dos chefes municipais da cultura e autoridades tradicionais sobre a importância dos monumentos e sítios.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário