Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Projeto de lei estabelece semana para resgatar a memória de Landell de Moura

Crédito da imagem: Arquivo JA. Padre cientista é pioneiro das telecomunicações
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio Grande do Sul, por meio de seu presidente, José Maria Rodrigues Nunes, entregou à vereadora Sofia Cavedon na última segunda-feira, 18, a Minuta do projeto de lei que institui na Capital, a “Semana Municipal Padre Landell de Moura”.
A semana comemorativa ao sesquicentenário de nascimento do inventor porto-alegrense ocorrerá entre os dias 24 e 30 de setembro, de cada ano. A prefeitura de Porto Alegre teve a iniciativa de instituir o ano de 2011 como o “Ano da Inovação Padre Landell de Moura”, com o intuito de resgatar a memória do padre cientista como pioneiro das telecomunicações e inventor do rádio.

“O pior sofrimento que pode existir é o esquecimento. Landell é um brasileiro e é um gaúcho a quem se precisa fazer justiça”, cita o radiotelegrafista Alessandro Miranda. Segundo ele, a história de Landell deveria ser abordada nos livros, pois poucos sabem sobre suas ideias e essas deveriam ser do conhecimento de todos. Assim como ele, a vereadora Sofia Cavedon, sugeriu que fossem produzidos folhetos sobre a história de vida e obra do padre Roberto Landell de Moura.
A Campanha de Adesão em Massa ao abaixo assinado eletrônico que reconhece Landell de Moura como o verdadeiro inventor do rádio se estende até o dia 30 deste mês. A campanha conta com mais de trinta entidades representativas do nosso estado, como a Prefeitura de Porto Alegre, a Agert, PUC-RS, UFRGS, Memorial Landell de Moura, ADCE, Museu do Rádio, Colégio Militar de Porto Alegre, Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul e Corag. As adesões ao abaixo assinado eletrônico podem ser feitas no site.

“Ele conseguiu em pleno século 19 mostrar às pessoas que era possível unir ciência e fé. E que ambas podem até trabalhar juntas”, disse Alessandro Miranda que busca pessoas interessadas em debater ou trocar informações sobre a história do rádio e assuntos relacionados. O contato com o radiotelegrafista pode ser feito através do telefone (53)8103.8621 ou pelo e-mail radiotelegrafistaalessandro@yahoo.com.br.

Por Suziane Sá
 
Fonte: Jornal Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário