Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 9 de abril de 2011

Homem que atropelou ciclistas em Porto Alegre recebe habeas corpus

Crédito da imagem: bikerhot.esporteblog.com.br


O TJRS (Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul) concedeu, na noite desta quinta-feira, um habeas corpus ao homem que atropelou um grupo de ciclistas em Porto Alegre no mês de fevereiro. Segundo a Susepe (Superintendência de Serviços Penitenciários), o funcionário público Ricardo Neis, de 47 anos, foi liberado nesta tarde.

Ele estava detido no Presídio Central, em Porto Alegre. Mesmo com o habeas corpus, a carteira de motorista de Neis permanecerá suspensa enquanto o processo estiver em andamento.

Denúncia

O MP (Ministério Público do Rio Grande do Sul) havia denunciado o atropelador por 17 tentativas de homicídio triplamente qualificadas. De acordo com a decisão, Ricardo Neis, "deu início ao ato de matar" ao acelerar o veículo contra as vítimas.

O MP informou nesta sexta-feira que irá recorrer da decisão da Justiça.

O caso

No dia 25 de fevereiro, um motorista fugiu depois de atropelar um grupo de ciclistas no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre. Pelo menos 25 pessoas ficaram feridas. O grupo participava de uma marcha pelos direitos dos ciclistas.

Crédito da imagem: putsgrilo.com


De acordo com testemunhas, o homem teria avançado o sinal sobre os participantes do passeio, que bloqueavam a rua.

Redatora: Bárbara Forte

Fonte: eBand

Um comentário:

  1. Sabe, eu não acredito muito em coincidências... Meu pai diz que, quando ele morrer, e eu espero que demore um pouco para isso -, que vai pegar os seus dois olhos, colocar num vidro de formol na beira da janela voltado para a rua para que eles, seus olhos, continuem a ver os absurdos desse mundo depois da sua partida...
    Caros leitores, depois daquela tragédia na escola municipal do Rio de Janeiro; e de soltaram esse Assassino de Ciclistas que foi solto na última quinta-feira, eu só posso lamentar e pensar um pouco a respeito do que diz meu velho pai. Às vezes, esse país me parece uma piada de muito mal gosto, um país onde tudo pode ser feito e ninguém é devidamente punido.
    Espero poder publicar melhores notícias...

    ResponderExcluir