Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 4 de julho de 2011

Governo do Acre amplia ações na área da cultura nos municípios acreanos

Dircinei Souza, presidente da FEM, e o prefeito Nilson Areal firmaram parceria para a municipalização da Biblioteca de Sena Madureira e a promoção de projetos artístico-culturais

Com o objetivo ampliar parcerias e descentralizar as ações e programas na área da cultura, o diretor-presidente da Fundação Elias Mansour, Dircinei Souza, iniciou a primeira visita de uma série que acontecerão aos municípios do Acre. Acompanhado da chefe do Departamento do Livro, Leitura e Literatura, Helena Carloni, Dircinei participou de reunião com o prefeito Nilson Areal, na última semana, em Sena Madureira.

Um dos assuntos tratados em pauta foi a municipalização da biblioteca pública de Sena, cuja gestão até o momento se encontra sob a responsabilidade do governo do Estado, através do Departamento do Livro, Leitura e Literatura, da Fundação de Cultura Elias Mansour.

De acordo com decreto do Ministério da Cultura, as bibliotecas precisam ser gestadas pelos municípios, para que possam acessar recursos a programas de fomento e incentivo à leitura.

“O Ministério da Cultura, através da Diretoria do Livro, Leitura e Literatura, encomendou uma pesquisa à Fundação Getúlio Vargas para mapear esses espaços e traçar esse perfil. No caso da biblioteca de Sena, o resultado foi como se ela não existisse. Então, para que se beneficie com o projeto de implantação, do qual receberá equipamentos, acervo digital e livros, ela terá que estar na responsabilidade do município”, explicou Helena Carloni.

O governo do Estado entregará a biblioteca de Sena à comunidade do município com toda sua estrutura reformada e modernizada, de acordo com as normas de acessibilidade, além de um telecentro instalado. No encontro, ficou firmado que durante o processo de transição a prefeitura do município ficará encarregada da limpeza e vigilância e o governo continuará responsável pela equipe técnica do espaço de leitura.

“O governo do Estado fará a reinauguração da biblioteca, que estará montada com equipamentos, acervo de livros, acervo digital e o telecentro. Esse processo de transição se encerra no fim do ano. Até lá trabalharemos nessa parceria com a prefeitura de Sena Madureira. Depois da transição, nossa parceria continua: ficaremos com a responsabilidade de monitoramento, com a capacitação e apoio logístico, um processo que fazemos com todas as outras bibliotecas no Estado”, explicou Dircinei Souza.

Para o prefeito Nilson Areal, a parceria entre Estado e município é importante para o fomento a projetos que permitam o acesso das comunidades aos bens culturais. “Precisamos retomar essas parcerias do ponto de vista artístico-cultural. Cada projeto é um aprendizado. Sena sempre foi uma cidade de tradição em seu calendário, com a Cavalhada, a Festa do Mandim, Sena Folia e outros eventos”, disse.

Na lista das parcerias está a Cavalhada. O projeto do calendário artístico-cultural será revitalizado com o apoio do governo do Estado, através da Fundação de Cultura Elias Mansour. A festa tradicional acontecerá no dia 25 de setembro, aniversario da cidade, no Parque das Cavalhadas. O evento contará com a participação de três equipes: azul, encarnada e negra.

Após o encontro com Nilson Areal, Dircinei Souza aproveitou para visitar os equipamentos culturais do município, entre eles a biblioteca de Sena, o Parque das Cavalhadas, Concha Acústica, Centro Cultural e Casa da Leitura Padre Mário. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário