Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 21 de julho de 2011

Plano Municipal do Livro e Leitura em Nova Iguaçu começa a sair do papel

A Prefeitura de Nova Iguaçu, através das Secretarias Municipais de Cultura e Turismo (Semctur) e de Educação (Semed), deu o primeiro passo para a criação do Plano Municipal do Livro e da Leitura. A iniciativa, que segue orientação da prefeita Sheila Gama, tem como objetivo implementar ações efetivas que garantam a democratização da leitura através de políticas públicas continuadas. 

Nesta quarta-feira, dia 20, foi aprovada a minuta que irá criar o grupo de trabalho ‘IguaçuLendo’, composto pela Semctur, Semed e a Câmara Municipal de Vereadores, além de sete entidades da sociedade civil e que será responsável pelo projeto.

Na reunião realizada no Espaço Cultural Sylvio Monteiro, Anderson Ávila, secretário de Cultura, ressaltou a parceria com a Educação. “A Cultura e a Educação são muito importantes para a formação de cidadãos de bem. É primordial a criação do Plano e esperamos que aconteça até o fim do ano”, comentou. Dilcéia Quintela, também presente ao evento, fez coro com as declarações de Anderson. “Este trabalho em conjunto se faz necessário. O horário integral, desenvolvido na rede escolar da cidade, tem a presença constante da Cultura, através de diversos projetos com os alunos e a continuidade desta ação fora das escolas é importante”, ressaltou.

Rita Carino, representante da Superintendência da Leitura e do Conhecimento do Estado do Rio de Janeiro, afirmou que o órgão estará à disposição para o que for preciso. “Há uma parcela da população que o poder público tem dificuldade em ter acesso e muitas vezes é preciso que pessoas da própria comunidade desenvolvam estes mecanismos de acessibilidade à leitura. É necessário abraçar a causa para que gere frutos”, frisou.

Carla Nascimento, representante do Polo de Leitura Baixada Literária, que mantêm cinco bibliotecas comunitárias em Nova Iguaçu, está confiante na aprovação do Plano. “Ações de incentivo e democratização da leitura, com qualidade, devem ser propostas e realizadas e o apoio do poder público é fundamental”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário