Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Inclusão digital não pode ocorrer somente onde dá lucro, diz dirigente da ANID

Para mudar a realidade de isolamento dos excluídos digitais, é preciso mudar a lógica de investir somente onde há retorno garantido para as empresas. Foi o que disse Percival Henriques, presidente da Associação Nacional para Inclusão Digital (Anid), durante audiência pública que discutiu a Inclusão Digital como Fator de Desenvolvimento Regional, realizada nesta terça-feira (28).
Segundo Percival, os governos, as operadoras e a sociedade têm de participar de um esforço coletivo. Pequenas empresas devem ter facilidades de financiamento para ofertar acesso à internet a localidades menores e mais distantes.
- O excluído digital está para a tecnologia como a mosca que bate no vidro da janela tentando sair. E a exclusão digital é silenciosa. Quem passa fome pede, faz barulho, mas para quem é excluído digitalmente, as oportunidades vão passando e ele não vê – declarou, avaliando que a privatização da telefonia teve a “lógica perversa” de concentrar a oferta nos grandes centros. 

Leia mais em: Correio do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário